Escolhas

60 mortes violentas por 100.000 habitantes no distante Alagoas. O que na próspera região Sul/Sudeste estaria nos planos de alguns internautas que reclamam da existência de nordestinos e outros povos do norte, se concretiza aos poucos com estes números. Nas periferias das capitais nordestinas já estão acostumados com a situação; da mesma forma que um internauta residente em capitais que vão de Belo Horizonte, São Paulo,  Até Porto Alegre estão acostumados com registros de xenofobia explicita na web. Então é perfeitamente compreensível que ninguém no Brasil sinta-se indignado com números como este. É mais fácil e mais acessível tentar destruir a vida de uma patricinha boba de classe média (não tão doce quase adoráve; ninguém vai ter coragem de dizer que se trata de uma moça bonita) como Mayara Petrusso, que despejou um pouco de sua mentalidade atroz no twitter via teclados e clicks. Postei no blog de Luiz Nassif é que esta situação é comparável ao que aconteceu no final da segunda guerra quando nazistas foram expulsos de territórios ocupados. Muitas mulheres que tinham se envolvido com oficiais nazistas foram as primeira a sentir a ira da população ressentida, tendo seus cabelos raspados como forma de humilhação e vingança contra um inimigo que já estava do outro lado da fronteira. Muitos não fizeram absolutamente nada durante os anos de ocupação como  quem decidiu se rebelar e fazer resistência à um inimigo que não tinha piedade. Curiosamente despejaram todo seu rancor no alvo mais fácil, e enfrentaram “corajosamente” os mais frágeis. As escolhas feitas No Brasil contemporâneo são similares. Presos em nossos apartamentos não somos muito diferentes de moradores das pacatas localidades de Auschwitz com a diferença de nosso sistema de campos ser mais amplo e os próprios moradores desses guetos fazem o serviço sujo, A polícia só recolhe os corpos. Obvio, como estamos no Brasil, o ‘serviço’ de extermínio é sempre menos eficiente e infinitamente mais lento.  Os xenófobos do Sul/Suldeste terão de ter paciência. Os impostos que pagam, embora altos não são suficientes pra que se faça mais. Os moradores de Auschwitz tinham vergonha de admitir o que acontecia ali. Nós  ficamos mais sofisticados,  aprimoramos nosso cinismo. E caso queiramos parecer cocientes aliviamos nossa consciência achacando violentamente, cometendo quase um estupro moral, a imagem de um patricinha boba, só para manter a aparência de que somo cidadãos que se importam.

Anúncios

Sobre doors85

Um cara que escreve, não necessariamente um escritor
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s